Inglês fluente é requisito para atores globais

Inglês fluente é a nova tendência dentre os atores da Globo desde que foi firmada uma parceria com a Sony Pictures. A partir de setembro, muitos atores serão preparados para as gravações da minissérie “Anjo de Hamburgo“, de  Mário Teixeira e Rachel Anthony, que envolverá atores brasileiros e estrangeiros. Nem os famosos escaparam da necessidade de falar inglês fluente.

E demorou para esse movimento acontecer, uma vez que o inglês é a língua mais importante do mundo. Ninguém nega que seja a língua oficial dos negócios, da tecnologia, da ciência e do entretenimento  – além de ser falada por 20% da população do planeta, embora apenas 400 milhões falem de maneira nativa em 53 países.

Para Ally C. Shelton,  Research and Development da GO15, startup de tecnologia para área de ensino, falar inglês continua sendo um diferencial que abre portas para qualquer área profissional, inclusive artística:

“Possuir uma boa aparência e ser competente no que faz não é o suficiente para um artista se sobressair. Falar inglês é muito benéfico, basta ver atores como Rodrigo Santoro e Wagner Moura, que alcançaram maior visibilidade em suas carreiras. Lembre-se de que o brasileiro fala inglês mal, via de regra, portanto, quando surge alguém com fluência, consegue se destacar e ter chances em países como Estados Unidos e Canadá”. 

O mundo artístico pede inglês fluente
Atores são capazes de interpretar e dar vida aos textos e, por mais que memorizem algum roteiro em inglês, sem fluência não conseguirão ter este ter o tempo de resposta ou mesmo a compreensão real do que estão ouvindo e dizendo. 

O tempo é algo urgente para atores que precisam saber falar inglês, por isso aprender inglês online é uma grande sacada para quem tem uma vida cheia de atividades:

“É possível usar seu smartphone ou tablet em qualquer lugar e ter a tranquilidade de saber que está sendo atendido com privacidade. Claro que para casos mais urgentes, somente o curso online não vai dar a velocidade que ele precisa. O ideal é ter cursos de imersão, onde se trabalha o inglês entre 15 e 90 dias em diversas cidades norte-americanas de maneira intensiva”.

Além de tudo, os principais cursos e seminários são todos em inglês. Vinte das vintes melhores escolas para atores do mundo estão ou nos EUA ou no Reino Unido, portanto não ser fluente vai deixar qualquer ator de fora de grandes projetos, além de limitar o network:  “Jackie Chan, Benicio Del Toro, Penélope Cruz, Ken Watanabe e Marion Cotillard são exemplos de atores que ganharam projeção mundial por falarem inglês de maneira fluente. Já está na hora dos atores brasileiros entrarem nesse universo” completa Ally.

>>> ACOMPANHE A GO15 NO FACEBOOK <<<
>>> ACOMPANHE A GO15 NO INSTAGRAM <<<

Fonte: KAKOI Comunicação

Facebook Comments