Aprender inglês de verdade? Saiba como!

Aprender inglês de verdade é possível! Se o seu objetivo é ser fluente em inglês, saiba que priorizar a construção das estruturas da língua inglesa é a única forma de conseguir este objetivo! Diferente de métodos tradicionais que dominam o mercado e não deixam o aluno se desenvolver de verdade em outra língua (afinal, eles precisam segurar os mesmos alunos durante o maior tempo possível), a construção em doses diárias pela web faz com que a pessoa comece a aprender inglês.

Sabe como isso acontece?

Para Kadu Nogueira, co-fundador da GO15, startup de tecnologia para área de ensino, esta estrutura é parte do processo de produção de língua. No entanto, o melhor é evitar escolas de inglês tradicionais e adotar um formato metodológico que prioriza aprendizado e prática de todos os elementos necessários para aprender inglês.

Dentre as competências comunicativas, podemos destacar:
— Compreensão de texto e de vocabulário
— Fonologia na audição e na fala, gramática e expressões
— Estratégia de comunicação e aspectos específicos para produção de língua.

“Todas as atividades precisam ser linkadas e interdependentes, possibilitando ao aluno desenvolver-se em todos esses elementos e não somente um isoladamente”.

E na prática?

O aluno que quer aprender inglês de verdade tem uma aula sobre como desenvolver compreensão de texto (escrito, oral). No dia seguinte, ele estuda sobre como expandir o vocabulário visto no dia anterior. Na sequência faz uma aula sobre como utilizar as expressões do texto em várias situações corriqueiras. Além disso, o aluno estuda “segredos” de pronúncia daquele conteúdo, faz revisões diárias e tem aula de solução de dúvidas.

“Ao final de cada semana com aulas online dentro desta metodologia, o aluno terá fechado um ciclo de aprendizagem e então poderá iniciar um novo capítulo, que se comunica com o conteúdo anterior. O aluno pode rever o conteúdo estudado sempre que desejar ou precisar. Além de poder assistir novamente às aulas live (que ficam gravadas) e contatar um sistema de SAC em caso de novas dúvidas” conclui Kadu!

Facebook Comments